Qual é a real cadeia de valor de um e-commerce e como gerar lucro sustentável?

financeiro1

O e-commerce no Brasil é um canal de vendas cada vez mais relevante no setor de varejo. A expectativa do setor é positiva para 2014, com crescimento nominal estimado de 20%, atingindo um faturamento de R$34,6 bi (fonte: Relatório Webshoppers 2014).

Apesar da perspectiva positiva, o varejo eletrônico deve ser analisado sob uma ótica diferente do varejo convencional. Mesmo varejos eletrônicos bem administrados apresentam margens baixas. Para atingir uma geração de caixa sustentável no e-commerce é fundamental entender a cadeia de valor e controlar com precisão os custos operacionais, principalmente os custos de marketing.

O “E-Commerce Report – VTEX/BR Partners” foi preparado para ajustar a ótica de análise do varejo eletrônico e tem como objetivo auxiliar tanto gestores quanto investidores a medir a sustentabilidade da geração de caixa do negócio. No material, o leitor encontrará definição e explicação de como mensurar os principais KPI’s de um varejo eletrônico.

As principais métricas abordadas no relatório que refletem a cadeia de valor do E-commerce e sua real capacidade de crescimento são:

  • Taxa de conversão
  • ROI (Return on Investment de mídia online)
  • SLA (Service Level Agreement)
  • Condição de margem (Markup)
  • Mão de obra qualificada
  • TRO (Taxa de Recompra Orgânica)

Veja o relatório completo aqui!

Escrito por: Mariano Gomide
Co-CEO da VTEX. Graduado em Engenharia Mecânica pela UFRJ, tem experiência de 11 anos na área de CRM e e-commerce. Participou de projetos como Walmart, Nokia, Polishop, Sacks entre outros casos de renome do e-commerce do Brasil.

Fonte: E-Commerce Guide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *